Yantra significa símbolo, ferramenta. Existem vários, cada um com seu significado e vibração. Dentre eles me encantei com o Shri Yantra que soube depois, é um dos Yantras mais poderosos e auspiciosos que existe. E é também um dos mais difíceis (isso eu soube logo na primeira tentativa). Fiz vários riscos pra conseguir acertar. Muitas vezes acertei o rascunho mas errava na hora de pintar. São muitos detalhes. Exige muita atenção, concentração, foco. E eu, tomada pelo entusiasmo e euforia, não estava conseguindo isso.

Mas eu queria muito fazê-lo. Ele realmente me tocava, me emocionava, desde a primeira vez que o vi e depois que descobri o seu significado fiquei ainda mais encantada: ele transmuta energias negativas, favorece sucesso, prosperidade em todas as áreas, realização de sonhos, paz, harmonia, quebra obstáculos e ainda é um yantra de proteção. Muitas bênçãos são concedidas às pessoas em cujo lar existe um Shri Yantra na parede.

Por tudo isso, este foi o desafio que escolhi pra fazer no primeiro dia do ano, Dia Mundial da Paz, carregando este Círculo Sagrado com bênçãos, serenidade, sabedoria, pensamentos positivos e coragem pra viver os desafios e conquistas que venham a mim neste ano novo. 

Separei o material, sentei no meu espaço, fiz o momento de meditação que sempre faço antes de compor uma mandala e depois me pus a desenhar. Incrível como tudo fluiu. Sem dificuldade, sem erro, sem desgaste. Simplesmente fluiu.

Dentro do estudo Psicologia das Cores, Marrom foi uma das cores menos amadas (pra não dizer “das mais detestadas”) mas esta sempre foi uma cor com a qual tinha muita afinidade. Representa sobriedade, seriedade, mas também representa terra, solidez, firmeza. E posso dizer que me representa também já que eu sou de um signo de terra e me considero uma “bruxa do mato”. Amei tanto o resultado desta mandala Shri Yantra que aproveitei a empolgação e fiz outras 2 mandalas com símbolos sagrados pra compor esse mural.

E foi assim o meu primeiro dia de 2020. Equilibrando, meditando, harmonizando entres tintas, régua e compasso.

Uma dica: se você busca uma mandala para visualizar durante a prática meditativa (trabalhando o foco e a concentração) este é um símbolo perfeito pra você. Olhar alguns segundo pro Shri Yantra é o suficiente pra já se “desligar” das perturbações mentais. Ele é cativante. Impossível não se concentrar nele. E desenhar este símbolo é imensamente gratificante. Você sente gratidão sincera pela oportunidade. Não dá pra explicar este sentimento. Precisa “viver” para saber.

Eu recomendo: permita-se essa experiência. É realmente transformadora. Faz e depois me conta como foi pra você! 😉

Namastê!

Adriana Almeida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *